Justiça impede abertura de bares e restaurantes depois das 15h em Campina

Foi acatada a ação civil pública impetrada pela Procuradoria Geral do Estado contra o decreto do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, e, portanto, continua proibida a abertura de bares e restaurantes na Rainha da Borborema – assim como em todo o Estado – depois das 15 horas nestes dias 24, 25 e 31 de dezembro, além de 1º de janeiro de 2021. A decisão foi tomada pelo juiz Ely Jorge Trindade, que estipulou uma multa de R$ 50 mil em caso de descumprimento.

A polêmica entre a prefeitura de Campina Grande e o Governo do Estado começou na segunda-feira quando o governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania) anunciou um decreto estadual proibindo o funcionamento dos bares e restaurantes de todo o Estado depois das 15 nas festas de fim de ano. O motivo é o crescente número de contaminados e mortos pelo novo coronavírus na Paraíba e o fato de bares e restaurantes estimularem a aglomeração de clientes.

Leia mais:

Governo recorre contra liberação de horário de bares e restaurantes em Campina

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.