Eliza diz que vai colocar em mural nota de repúdio de grupo LGBTI+ que criticou projeto de lei

A Aliança Nacional LGBTI+ emitiu nota de repúdio contra o projeto de lei da vereadora Eliza Virgínia que dispõe sobre a proibição de mulheres trans na prática esportiva feminina. O projeto foi aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara Municipal de João Pessoa e está na Comissão de Políticas Públicas da CMJP. Segundo a Aliança Nacional LGBTI+, esse é “mais um ato de ódio, encoberto em falsa proteção das mulheres”.

O ParlamentoPB buscou saber a opinião da vereadora Eliza Virgínia sobre a nota de repúdio da Aliança Nacional LGBTI+. Ela disse que vai colocar a nota da Aliança em um mural e que coleciona notas de repúdio já emitidas contra ela. A parlamentar defendeu que mulheres trans têm mais força em relação às biologicamente nascidas mulheres e que vai propor audiência pública para debater o assunto.

“Vou pegar essa nota de repúdio e colocar num mural de tanta nota de repúdio que tenho tido de movimento esquerdista, marxista”, disse Eliza Virgínia ao ParlamentoPB.

Veja também

Raíssa dará parecer contra projeto que proíbe trans no esporte feminino e Eliza diz que colega tem ignorância plena

O documento foi assinado por Toni Reis, diretor presidente da Aliança Nacional LGBTI+; por Marcel Jeronymo Lima Oliveira, coordenador nacional e da Área Jurídica da Aliança Nacional LGBTI+; por Hugo Raffael Andrade, coordenador municipal da Aliança Nacional LGBTI+ em João Pessoa; e por Yurick Willander De Azevedo Lacerda, advogado voluntário da Aliança Nacional LGBTI+ em João Pessoa.

“Em mais um ato de ódio, encoberto em falsa proteção das mulheres, a autora da propositura agride frontalmente parcela da população já tão vilipendiada em seus direitos, aviltada em seus valores sociais e degradada em sua humanidade pelo Estado brasileiro, justamente no país que, em números absolutos, é aquele que mais registra assassinatos de travestis e transexuais, segundo levantamento feito pela ONG Transgender Europe (2016). O que vemos é um retrato de uma realidade de absoluta intolerância, a qual vem piorando nos últimos tempos, com o país entregue a uma agenda fundamentalista de falso moralismo e desumanidade no mais alto grau”, diz um trecho do documento.

Veja o projeto de lei da vereadora Eliza Virgínia e, abaixo, a nota de repúdio da Aliança Nacional LGBTI+, na íntegra

NOTA DE REPÚDIO DA ALIANÇA NACIONAL LGBTI+

 

Eliza diz que vai colocar em mural nota de repúdio de grupo LGBTI+ que criticou projeto de lei

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.