Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Especialista explica: Intervenção em Bayeux depende do governador e da Assembleia

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

O Tribunal de Contas do Estado, reunido em sessão ordinária no final da tarde desta quarta-feira (04), aprovou, à unanimidade, pedido de intervenção estadual na Prefeitura Municipal de Bayeux. A decisão decorre da análise de uma inspeção especial de contas realizada no município. O relator da matéria, conselheiro André Carlos Torres Pontes, em seu voto, reconheceu os requisitos constitucionais necessários para a medida extrema, diante das graves irregularidades apontadas no relatório da Auditoria.

O ParlamentoPB consultou o advogado Johnson Abrantes a respeito do processo que deve ser obedecido em um caso em que o TCE peça a intervenção. Ele explicou que o primeiro ato do governador ao receber o pedido do tribunal é encaminhá-lo para um parecer da Procuradoria Jurídica do Estado. Caso seja favorável, ele designará um interventor cujo nome deverá ser apreciado pela Assembleia Legislativa da Paraíba.

A tramitação do processo na Assembleia também inclui a passagem pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

Após o nome ser referendado pela Assembleia, ele retorna para o governo do Estado, para que o governador João Azevêdo faça a nomeação do interventor do município.

O interventor municipal terá todos os poderes de um prefeito municipal, atuando nesta condição até a conclusão do período de intervenção, que geralmente é de seis meses, prorrogado por mais seis meses.

O relacionamento do interventor com a Câmara Municipal de Vereadores é o previsto no Regimento Interno e na Lei Orgânica do Município.

O secretário Ronaldo Guerra, chefe de governo, informou ao ParlamentoPB que até a manhã desta quinta-feira (5) o governo não havia recebido a comunicação do TCE.

No TCE

No minucioso relatório e voto, o conselheiro André Torres detalhou os procedimentos exigidos pela Constituição para referendar a decisão, e que foram constatados pelo órgão técnico do TCE. Tratam de pressupostos constitucionais que ensejam o pedido de intervenção ao Governador do Estado, necessários para o início do processo de intervenção no município, ante a constatação de inúmeras e reiteradas irregularidades nas prestações de contas.

Configuram a necessidade da intervenção, conforme o relator, a ausência de pagamento regular, sem motivo de força maior, por dois anos consecutivos, da dívida fundada, não aplicação do mínimo de 25% da receita municipal em educação, bem como de 15% nas ações e serviços públicos de saúde. Também ficou confirmada a prática pelo prefeito Gutemberg de Lima Davi, de atos de improbidade administrativa, confirmada em recente decisão judicial pelo Tribunal de Justiça.

 

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Banco do Nordeste nomeia novo superintendente na Paraíba

Prefeito paraibano fala de “infelicidade” de ter filhos autistas e servidora acrescenta: “São doidos”

Anteriores

ataque gaza 140724 FOTO PCRS org humanitaria

Após novo ataque à Gaza, Lula diz que Israel segue sabotando processo de paz

Três homens são presos suspeitos de tráfico de drogas em Guarabira

Três homens são presos suspeitos de tráfico de drogas em Guarabira

entregador FOTO Pixabay

Sine-PB oferta 533 vagas de emprego em 10 municípios paraibanos

onibus acidente sobrado br-230_

Ônibus que seguia para Vila Sítio São João tomba na BR-230, em Café do Vento

João Azevêdo entrega Casa da Cidadania do bairro do Bessa, em João Pessoa

João Azevêdo entrega Casa da Cidadania do bairro do Bessa, em João Pessoa

presidente lula FOTO fabio rodrigues pozzebom agencia brasil

Presidente Lula repudia atentado contra Donald Trump

mega sena FOTO rafael neddermeyer agencia brasil

Mega-Sena premia 28 apostas da Paraíba

Nilvan discute prioridades para os jovens de Santa Rita durante plenária

Nilvan discute prioridades para os jovens de Santa Rita durante plenária

mulher FOTO Pixabay

Homem é preso suspeito de agredir e ameaçar esposa com arma em Brejo do Cruz

meteoro

Queda de meteoro ilumina céu do Nordeste