Trauma de Campina registra 15 casos de queimaduras na véspera e dia de São João

O Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, em Campina Grande, que integra a rede hospitalar do Governo Estado, realizou 662 atendimentos durante o feriado de São João. O balanço tem como base as entradas realizadas a partir da zero hora da sexta-feira (22) até as primeiras horas desta segunda (25). Nesses dias foram realizadas 50 cirurgias.
Os casos envolvendo acidentes de moto lideraram as entradas nos plantões durante o período. No total, 89 pacientes foram atendidos devido a acidentes com motocicleta, 05 vitimas de acidente de carro, 05 vítimas de projéteis de arma de fogo, 07 de arma branca e 15 por espancamento. Os demais atendimentos foram na Clínica Médica e na Pediatria.

Na Unidade de Queimados do Trauma-CG foram atendidas 15 pessoas vítimas de queimaduras provocadas por fogos ou fogueiras na véspera e dia de São João, onze foram crianças com idades entre zero e 15 anos e quatro foram adultos. No período do 01 a 25 deste mês já foram atendidas 28 pacientes vítimas de fogos ou fogueiras.

Na véspera e dia de São João do ano passado foram atendidas 11 pessoas vítimas de queimaduras provocadas por fogos ou fogueiras, sendo sete crianças com idades entre zero e 15 anos e quatro adultos. No período do 1º a 25 de junho foram atendidos 29 pacientes vítimas de fogos ou fogueiras.

O Trauma-CG disponibiliza 292 leitos, 340 médicos, sendo 64 em regime de plantão presencial 24 horas. O hospital dispõe de seis salas no bloco cirúrgico.

O Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes de Campina Grande é referência em trauma para 203 municípios da Paraíba, além de alguns municípios do Rio Grande do Norte, Pernambuco e Ceará.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.