Romero acata sugestão dos MPs e adia reabertura do comércio de Campina Grande

O prefeito Romero Rodrigues decidiu, no final da tarde desta sexta-feira, 17, após praticamente o dia inteiro de negociação e uma série de contatos, preparar um decreto recomendando que o comércio de Campina Grande continue fechado, mantendo apenas abertos os segmentos considerados essenciais, até o dia 3 de maio.O gestor considerou a recomendação nº 42/2020, dos Ministérios Públicos Federal, Estadual e do Trabalho.

Por meio de ofício encaminhado aos representantes do MPF, MPPB e MPT, Romero Rodrigues destacou o que considera como esforço da Prefeitura de Campina Grande no sentido de preservar a vida e a saúde das pessoas, reconhecendo ser esta a mesma diretriz que estimula esses órgãos de controle a não recomendar ainda a abertura gradual, experimental e sob controle do setor comercial, que estava projetada para a próxima segunda-feira, 20.

Romero Rodrigues disse que continuará a se empenhar no sentido de avançar, com apoio e parceria dos Ministérios Públicos, rumo a um caminho seguro e eficaz para a reabertura das atividades econômicas em Campina Grande, já que entende ser também a preservação dos empregos uma responsabilidade dos gestores.

Leia a íntegra do novo decreto do prefeito Romero Rodrigues

 

ESTADO DA PARAÍBA

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPINA GRANDE

GABINETE DO PREFEITO

Ofício nº 303/2020

Campina Grande, 17 de abril de 2020

Excelentíssimos membros dos Ministérios Públicos Estadual, Federal e do Trabalho,

Em atenção ao ofício de nº 422/2020, o município de Campina Grande informa que seguirá na integra a Recomendação nº 42/2020, no sentido de prorrogar a reabertura do comércio para o próximo dia 03 de maio; entendendo que o Parquet, como uma respeitada voz em prol da sociedade, compartilha conosco cautelas e preocupações legítimas.

Com efeito, é importante salientar que esperamos, conjuntamente, avançar no sentido de promovermos, o quanto antes, a reabertura do nosso comércio, respeitando as orientações sanitárias e as normas emitidas pelo Ministério da Saúde.

Por parte do poder executivo municipal, a preocupação é, indubitavelmente, de preservar a saúde da população do modo mais amplo possível – ampliação de leitos, aquisição de equipamentos de proteção individual, campanhas de conscientização e intensificação de monitoramentos remotos, dentre outros –, entendendo que vivenciamos uma situação complexa e de interpretações e recomendações mutáveis e instáveis, não só aqui, mas em todo o globo terrestre, decorrente, naturalmente, do enorme desafio que é enfrentar uma nova espécie de vírus: o COVID-19.

Na certeza de que compartilhamos uma mesma preocupação, reiteramos a nossa aposta no diálogo democrático, franco e responsável.

Att.

ROMERO RODRIGUES

PREFEITO DE CAMPINA GRANDE

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.