Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Paraíba prorroga redução de 50% do ICMS do óleo diesel para empresas de transporte

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram
O Governo da Paraíba prorrogou até o dia 31 dezembro de 2021 a redução de 50% da base de cálculo do ICMS nas operações internas com óleo diesel e biodiesel, destinado às empresas concessionárias ou permissionárias de transporte coletivo de passageiros das regiões metropolitanas de João Pessoa e Campina Grande, incluindo o transporte aquaviário e também o intermunicipal. Os decretos 41.945 e 41.947, assinados pelo governador João Azevêdo, foram publicados no Diário Oficial do Estado.
O decreto publicado pelo Governo da Paraíba, no mês de junho deste ano, estabelecia que a redução de 50% da base de cálculo do ICMS nas operações internas com óleo diesel e biodiesel seria por um período de seis meses e o prazo venceria, nesta terça-feira, dia 30 de novembro. Os novos decretos publicados, no último sábado, estendem a redução no óleo diesel para as empresas de transporte de passageiros até o final de 2021.
MANTER O PREÇO DAS PASSAGENS – “A prorrogação do decreto, que garante redução de 50% do Governo da Paraíba até o final deste ano, tem objetivo de manter o preço atual das passagens para o cidadão paraibano sem reajuste e também reconhece as dificuldades enfrentadas pelas empresas do setor de transporte neste período de pandemia. Essa medida é mais um esforço do Governo da Paraíba para ajudar o cidadão e ao mesmo tempo as empresas de transporte urbano, metropolitano, intermunicipal e aquaviário”, declarou o secretário de Estado da Fazenda (Sefaz-PB), Marialvo Laureano.
O secretário da Fazenda afirmou ainda que “enquanto o governo federal não implementa uma política equilibrada para manter os preços dos combustíveis sem reajustes desenfreados, o Governo da Paraíba publica medidas com ações para conter reajustes das passagens e da perda do poder aquisitivo da população, que necessita do transporte coletivo. Outra medida aprovada com voto da Paraíba foi o congelamento por 90 dias, desde 1º de novembro, do preço nominal dos combustíveis, que serve de referência para cobrança do ICMS”, pontuou Marialvo.
ALCANCE DA REDUÇÃO – O novo decreto manteve o alcance de redução para as empresas de transporte coletivo urbano; das regiões Metropolitanas de João Pessoa (Bayeux, Cabedelo, Conde, Jacumã e Santa Rita) e de Campina Grande (Lagoa Seca, Queimadas, Massaranduba, Montadas, Puxinanã, Alagoa Nova e Serra Redonda); além de aquaviário e o intermunicipal.
O benefício fiscal estabelecido no decreto para as empresas concessionárias de transporte coletivo será revogado na hipótese de descumprimento das obrigações ou exigências impostas neste Decreto e na legislação tributária estadual.

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

UEPB: uma crise democrática

Confusão continua: TRE nega ter chancelado posse de Raissa Lacerda na Câmara

Anteriores

Pastor Adelino de Carvalho

Pastor gera polêmica ao afirmar que a mulher deve “dar” ao marido mesmo sem vontade

Júnior Araújo, deputado estadual

Júnior Araújo diz que decisão do TSE confirma inelegibilidade de Chico Mendes: “Cai por terra sua pré-candidatura”

OAB PB

OAB-PB publica edital de lista sêxtupla para vaga de desembargador do TJPB

PM apreende armas e celulares com facção que planejava ataques em Santa Rita

Presos suspeitos de integrar facção que planejava matar ‘rivais’ em Santa Rita

PM, força tatica

Líder criminoso do Maranhão é preso novamente pela PM em João Pessoa

TCE 2021

TCE aponta excesso de servidores contratados em 44 municípios da PB

caminhaotombado

Caminhão com asfalto tomba em vala da BR 230 em Santa Rita

apreensao1 (1)

Operação cumpre mandados de prisão contra facção criminosa na Paraíba

padrastgo

Padrasto tenta culpar ex-esposa, mas pega 42 anos por assassinato de Júlia

hugomottaeministro

Ministro informa a Hugo que Paraíba deve ganhar novo aeroporto em São Bento