Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Mulher é presa suspeita de mandar matar marido que era policial civil

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Uma mulher foi presa no fim da manhã de hoje sob suspeita de ter encomendado a morte do marido, o policial civil aposentado Luiz Abrantes de Queiroz, de 75 anos. Ele foi assassinato no dia 4 de junho ao chegar em casa, no Castelo Branco, em João Pessoa, quando foi surpreendido por dois homens armados com faca e revólver que fugiram levando o carro da vítima.

Além da mulher, uma babá e um dos executores do homicídio também foram presos pelo mesmo crime.

“Estávamos investigando o crime para chegar à autoria dele. Desconfiamos da mulher do policial porque ela presenciou o homicídio, se dizia vítima do assalto e demonstrava interesse apenas na chave de casa e do carro. Ela relatava o que tinha acontecido com inconsistência, com controvérsia. Os vizinhos nos davam informações totalmente diferentes das que ela fornecia. Então, sabíamos que os indivíduos que invadiram a casa seriam pessoas conhecidas porque não havia sinal de luta corporal. Identificamos o veículo usado na fuga e chegamos até o executor, que nos contou detalhadamente o fato. Ele disse que tinha recebido uma oferta de R$ 20 mil da mulher para forjar um assalto. Ele disse que não matou Luiz e que o assassinato teria sido cometido por outro homem que estava dentro de casa junto com a esposa da vítima”, contou a delegada responsável pelo caso, Luíza Correia, que acrescentou que o outro suspeito é um adolescente.

A babá teria ajudado a mulher na execução do plano de matar o policial. Ela teria saído com uma criança filha do casal enquanto a mulher atraía o marido para a residência onde ele seria morto.

As duas negam a participação no assassinato, mas estão detidas na carceragem da Central da Polícia Civil, no bairro do Geisel, e devem passar por audiência de custódia nesta quinta-feira (25).

Os nomes dos suspeitos não foram revelados pela Polícia.

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Exaustão, sobrecarga… por que não reconhecemos os nossos limites?

‘Festa da Adoção’ tenta aproximar crianças e adolescentes de pessoas aptas a adotar

Presidente do PT é acusado de cometer etarismo contra Luiz Couto

Anteriores

cirurgia

Hospital Metropolitano realiza cirurgia inédita em criança com paralisia cerebral

WhatsApp-Image-2023-05-30-at-10.28.57

Semob-JP realiza campanha e comando educativo para incentivar doação de sangue nesta terça

padre_egidio____foto_reproducao-750x375-1-1-750x375

Caso Padre Zé: audiência de instrução contra padre Egídio de Carvalho é adiada

666bb76c-ae3b-8285-dab9-9bc726fdb94b-800x500

Cícero Lucena decreta luto de três dias e dá nome do vereador Professor Gabriel a escola municipal

enem_202023-900x600

Inscrições para o Enem 2024 começam nesta segunda

WhatsApp Image 2024-05-27 at 15.48.04

Prefeitura de João Pessoa usa drones em ação de combate ao Aedes Aegypti nesta segunda

Luiz Couto 2024

Couto diz que PT sai fortalecido com candidatura própria e aposta em Cartaxo

Raissa Lacerda

Raíssa Lacerda vai assumir vaga deixada por Professor Gabriel na Câmara

Luciano Cartaxo 21

Cartaxo comemora decisão do PT: “Estou feliz e confiante no desempenho”

fabianogomesazul

Fabiano Gomes passará por cirurgia nesta terça em Campina Grande