Declarações de Coronel Kelson geram repúdio de Associação de Juristas

A Associação Brasileira de Juristas pela Democracia – Núcleo Paraíba emitiu uma nota de repúdio às declarações do Coronel Kelson Chaves, ex-comandante da Polícia Militar da Paraíba, a respeito do Supremo Tribunal Federal (STF). Em seu perfil no Instagram, o oficial escreveu que “Se não acharem um Cabo – com todo o respeito que sempre tive por todos os Cabos, que comigo estiveram ladeados -, que feche esse tribunal, me dê uma guarnição que eu mesmo fecho. Minha continência perene, Senhor General!!!”, numa refência ao General Augusto Heleno, Ministro do Gabinete de Segurança Institucional, que emitiu uma nota dizendo que eventual apreensão do celular do presidente Jair Bolsonaro traria “consequências imprevisíveis para a estabilidade nacional”. Para o ministro, “o pedido de apreensão do celular do presidente da República é inconcebível e, até certo ponto, inacreditável”.

Comentários