Vereadores denunciam que prefeito de Areia teria sonegado impostos e desviado dinheiro público

Vereadores do município de Areia, no Brejo da Paraíba, denunciaram o prefeito João Francisco Batista de Albuquerque por sonegação e desvio de dinheiro público para o próprio benefício ou de pessoa próxima. Com 24 argumentos, o grupo de parlamentares registrou em documento uma Notícia Crime contra o gestor.

Os vereadores argumentam que há inconsistências na prestação de contas do município e que “não existe a menor dúvida de que o município de Areia deixou de arrecadar receitas do ITBI da ordem de R$ 178.431,46, levando-se em consideração a média de arrecadação dos últimos 05 (cinco) anos.”

Ainda segundo os parlamentares, a “constatação é gravíssima e merece atenção especial do MPPB.” O documento é digirido ao promotor de Justiça em Areia, Newton da Silva Chagas.

Os vereadores “pedem a Vossa Excelência a instauração de procedimento administrativo neste Órgão Ministerial a fim de investigar todas as irregularidades expostas visando a responsabilização do Prefeito João Francisco Batista de Albuquerque e demais pessoas envolvidas como o atual Tabelião do Cartório de Registro de Bens Imóveis e ainda a Diretora de Tributos do Município entre outros que possam está contribuindo com os prejuízos ao erário.”

 

2 comentários

  • Pedro Freire
    16:20

    Não concordo Edezio, tenho em mãos guias de recolhimento de ITBI nos anos de 2017 e 2018. O prefeito precisa se explicar.

  • Edezio Filho
    16:20

    Meu amigo as vendas de imóvel no ano de 2012 era na época de bum imobiliário, o que mudou desde o ano de 2015, hoje quase não se vende nada, ou seja não tem dinheiro no mercado e os financiamento cada vez mas difícil , isto se chama política suja.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.