Vereador diz que está sendo ameaçado de morte pelo prefeito e seus comparsas

 O vereador da cidade de Paulista, região de Catolé do Rocha, Possidônio Fernandes (PSB) denunciou nessa sexta-feira (11), que está sendo ameaçado de morte pelo prefeito do município, Severino de Orismídio (PTB).

 
Segundo informações do parlamentar-mirim, as ameaças são feitas a partir de conversas nas ruas e através de recados e comentários enviados para o seu blog. Fernandes afirmou que isso vem acontecendo desde que o gestor foi denunciado ao Ministério Público Eleitoral por prática ilegal nas eleições de 2010, além da queixa registrada no Órgão por agressão contra ele, no mês de agosto do ano passado.
 
“Nas eleições de 2010 eu fui agredido quando passava ao lado de uma concentração política, que era promovida pelo grupo situacionista”, relatou Fernandes.
 
Ele disse também que vai acionar o MP e a Polícia Federal para tomar medidas necessárias com o chefe do executivo e seus comparsas.
 
“A nossa bancada é formada por nove vereadores, apenas dois são da situação, mas o prefeito me escolheu para fazer um verdadeiro terrorismo difamador. Ele quer me calar de qualquer jeito”, desabafou o legislador
 
 
Diário do Sertão
 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.