Dom Manoel Delson

Dom Manoel Delson cursou Filosofia e Teologia em Nova Veneza (SP) e no Instituto de Teologia da Universidade Católica de Salvador (BA). É licenciado em Letras e tem Mestrado em Ciência da Comunicação Social, em Roma, na Pontifícia Universidade Salesiana. É Arcebispo da Paraíba.


Senhora Aparecida, mãe que não desampara

O Papa Francisco quando esteve na ocasião do grande evento da Jornada Mundial da Juventude, em 2013, no Brasil, fez uma afirmação peculiar e bastante acertada sobre a missão de Nossa Senhora: “A Igreja, quando busca Cristo, bate sempre à casa da Mãe que se aprende o verdadeiro discipulado”. Nossa Senhora sempre nos levará a Deus. Tais palavras foram ditas dentro da Basílica do Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida.

Vivemos em um tempo que inegavelmente encontra-se perpassado pelas crises. A própria pandemia tem comprometido nossas esperanças. O cenário político nem sempre nos dá a segurança da ordem social; a ferida da corrupção parece comprometer as mais variadas esferas sociais; as famílias vivendo dramas prolongados, e aqui acentua-se o dilema do divórcio. Enfim, vivemos momentos sombrios e aparentemente irreconciliáveis, mas, como cristãos, devemos levar a peito a postura de conservar a esperança e a fé. Com Nossa Senhora, aprendemos seguramente a viver estas virtudes tão necessárias para construir um mundo novo.

No Livro do Apocalipse, vemos a figura de uma Mulher perseguida por um Dragão, o diabo (Cf. Ap 12). Esta é a imagem de Maria e da Igreja. A desolação dessa perseguição não tem a finalidade de realçar a morte, o poder derrotado do demônio, mas quer apresentar a vitória da vida. Deus nunca abandona a quem se coloca debaixo da proteção de Sua Mãe Santíssima. “Frente ao desânimo que poderia aparecer na vida, em quem trabalha na evangelização ou em quem se esforça por viver a fé como pai e mãe de família, quero dizer com força: tenham sempre no coração esta certeza! Deus caminha a seu lado, nunca lhes deixa desamparado! Nunca percamos a esperança!”. São diversos os dragões que temos de enfrentar ao longo de nossa existência, mas o Senhor nos Deu Sua Mãe. Contamos com a intercessão Dela, temos a abundancia do vinho novo que passa por suas mãos. Uma das mais belas lições que podemos aprender com Maria é a de depositar nossa confiança em Deus, ainda que os desafios comuns da vida tentem nos fazer desconfiar do seu amor cuidador.

O povo brasileiro espera por dias melhores e não desanimaremos no anúncio do Evangelho da alegria. Com Nossa Senhora Aparecida, Mãe e Rainha de todos os brasileiros, queremos construir sociedades justas e solidárias. Sociedades que se abram verdadeiramente ao direito fundamental de se ter uma família e abertas à proteção da vida, desde a concepção até ao declínio natural de cada pessoa. Que a Mãe Aparecida, com sua constante oração, nos traga dias marcados pela saúde e pela paz. Nossa Senhora Aparecida, rogai por nós!

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.