Secretário diz que Ricardo disse sim a Paraíba

O secretário de Comunicação do estado, jornalista Luís Tôrres, viu a decisão do governado Ricardo Coutinho em permanecer no cargo como um gesto de “abnegação, de altruísmo mais surpreendente da história recente da Paraíba”.

“O governador Ricardo Coutinho disse não a si mesmo, disse não a capacidade que tinha, na condição de gestor bem aprovado, de ser eleito com uma das maiores votações da Paraíba para senador e assegurar a tranquilidade de um mandato de senador, que é um dos cargos mais cobiçados da política brasileira”, afirmou Torres.

Segundo ele, o governador disse não a tudo isso para dizer “sim a Paraíba”. “Para garantir e assegurar que tudo isso que foi construído e está em construção na Paraíba, transformando o estado, inserindo o estado no mapa do desenvolvimento nacional e dando respostas aos paraibanos, não fosse interrompido, ressaltou Torres.

De acordo com o secretário de comunicação, ficou claro que para Ricardo só haverá tranquilidade, atendimento dos compromissos que o governador tem com o Estado, se o governo for repassado para as mãos de alguém como o ex-secretário João Azevêdo, pré-candidato do PSB ao governo.

Comentários