Sargento é interrogado pelo assassinato do major em Cajazeiras

O sargento da Polícia Militar da Paraíba, Valdiran Ferreira Silva, está sendo interrogado, neste momento, pelo juiz da Justiça Militar do Estado, Ricardo Vital de Almeida, no segundo andar do Fórum Criminal de João Pessoa. O sargento foi preso em flagrante no dia 11 deste mês, acusado de matar o major sub-comandante do Batalhão de Cajazeiras, Aldair de Souza Albuquerque.

Conforme o Inquérito Policial Militar (IPM), por volta das 14h, o sargento efetuou seis disparos contra o major, enquanto a vítima descansava no alojamento. Cinco tiros atingiram o sub-comandante e foram os responsáveis por sua morte. Desde o dia do crime, o sargento está preso no 2º Batalhão da PM, em Campina Grande.

“Por duas vezes o acusado se manteve calado. Tanto no flagrante, quanto na instauração do inquérito ele preferiu não falar. Este interrogatório tem o objetivo de esclarecer os motivos do crime”, adiantou o juiz Ricardo Vital de Almeida.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.