Roberto Paulino é nomeado como secretário Chefe de Governo

O ex-governador da Paraíba, Roberto Paulino (MDB), que completou ontem 70 anos, foi presenteado hoje com a nomeação para secretário Chefe de Governo da Paraíba. O ato assinado pelo governador João Azevêdo (Cidadania) consta na edição de hoje do Diário Oficial do Estado. Ele substitui Ronaldo Guerra que ocupava cumulativamente outra Pasta, a chefia de gabinete do Governo.

Roberto Paulino foi prefeito de Guarabira por duas vezes, (1977-1983 e 1989-1992), tendo sido eleito deputado federal com mandato entre 1995 e 1998. Foi vice-governador da Paraíba durante o segundo governo de José Maranhão. Em 2002, com a renúncia de Maranhão para candidatar-se a senador, assumiu o posto de governador do estado. No mesmo ano, concorreu à reeleição com o então deputado estadual Gervásio Maia como vice, mas perdeu para Cássio Cunha Lima no segundo turno.

Roberto e seu filho Raniery faziam parte da oposição ao grupo político do governador João Azevêdo, mas em julho do ano passado o deputado estadual entregou a liderança da oposição e se aliou ao chefe do  executivo estadual. Numa articulação visando as eleições municipais, o MDB lançou Roberto como candidato a prefeito de Guarabira nas eleições de 2020 tendo Beto Meireles, do Cidadania, partido de João, como  vice. A chapa perdeu a eleição para o atual prefeito, Marcus Diogo (PSDB), que foi reeleito.

Outra mudança – Na edição de hoje, o Diário Oficial ainda traz a exoneração, a pedido, de Jória Viana Guerreiro da direção geral da Agência Estadual de Vigilância Sanitária (Agevisa). Jória é viúva do jornalista Walter Galvão, falecido no início do mês e será substituída por Geraldo Moreira de Menezes, que respondia anteriormente pela diretoria técnica de Saúde do Trabalho da Agevisa.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.