Ricardo Coutinho deve disputar Senado e defende Lula para “juntar cacos” do Brasil

O ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) declarou à coluna Painel, da Folha de São Paulo, que vai disputar o Senado ou o Governo do Estado nas eleições de 2022. Ricardo também defendeu o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) como candidato a presidente da República para “juntar os cacos” do Brasil.

Para o ex-governador e ex-prefeito paraibano, o nome de Lula é fundamental por ter uma sensibilidade social para ‘costurar’ novamente a nação.

À coluna Painel, Ricardo Coutinho também relatou ser vítima do ‘lavajatismo’, uma comparação entre as Operações Lava Jato com a Calvário, na qual ele é investigado por desvios de recursos da Educação e Saúde do Governo da Paraíba, sendo apontado como líder de organização criminosa. Ele nega o envolvimento.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.