Ricardo afirma que adversários pediriam apoio de Cássio “de joelhos”

O prefeito de João Pessoa, Ricardo Coutinho (PSB) reagiu duramente à provocação da imprensa a respeito das críticas do governador José Maranhão à especulada aliança do socialista com o ex-governador do Estado, Cássio Cunha Lima (PSDB). Ricardo lembrou que celebrou uma composição com Maranhão em 2004 e que sua gestão não cheirou mal. Em outro momento, ele foi ainda mais forte: disse que quem critica a tese de aliança, se pudesse, pediria de joelhos o apoio do ex-governador.

As declarações começaram com uma crítica direta a Maranhão. Para o prefeito, o governador estaria fazendo campanha antecipada e pressionando prefeitos para aderirem ao seu projeto de reeleição. A entrevista foi concedida à Rádio Progresso, de Sousa. "A pressão é real. É visível, mas não vai funcionar", disse o presidente estadual do PSB.

Ricardo Coutinho esteve em Sousa participando de um evento promovido pelo curso de Administração do Campus III da Universidade Federal de Campina Grande. Antes de proferir palestra para os universitários, Ricardo Coutinho manteve encontro político com o prefeito de Sousa, Fábio Tyrone (PTB) e com o deputado estadual Lindolfo Pires (DEM).

 

Com foto do Portal Progresso

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.