Professores do Gira Mundo Israel apresentam projetos para o semiárido da PB

A Secretaria de Estado da Educação realizou o Seminário final do Gira Mundo Israel Semiárido. O evento aconteceu na Escola Cidadã Integral Técnica Monsenhor José Sinfrônio de Assis Filho, em Itaporanga, no dia da sua inauguração, na quinta-feira (20). O objetivo do seminário foi celebrar a conclusão da formação realizada por 19 professores paraibanos em Israel, em agosto deste ano.

Os professores apresentaram projetos que desenvolveram nas escolas, após retornarem de Israel, como resultado da formação na qual se aprofundaram no conhecimento sobre tecnologias sociais e suas aplicações para o desenvolvimento do semiárido paraibano. A formação incluiu temas como Agricultura Sustentável, Construções Naturais, Energias Renováveis e Tecnologias Alternativas, Comunidades Ecológicas, e Irrigação e Produção de Alimentos.

A programação do seminário contou com a presença de dois representantes do Centro de Ecologia Criativa Kibutz Lotan de Israel, Alex Cicelsky e Maya Galimidi. O evento foi organizado em dois momentos: no primeiro, os professores do Gira Mundo apresentaram as atividades para os representantes do governo da Paraíba e de Israel. No segundo momento foram feitas exposições em banners dos trabalhos no centro de convivência da Escola Cidadã Integral Técnica para o público durante a inauguração da unidade.

A professora de Biologia, Elisângela Costa, apresentou no Seminário o projeto ‘Desenvolvendo o protagonismo e o empreendedorismo estudantil através da implantação de uma horta agroecológica como meio de disseminar práticas sustentáveis na ECIT Cuité’. O objetivo foi trabalhar o tema sustentabilidade e sua importância nos dias atuais, desenvolvendo a implantação de uma horta agroecológica, com base para a produção sustentável e para a adequação do uso da água na irrigação das hortaliças.

Ao apresentar o resultado do trabalho, Elisângela comentou que o projeto vai continuar. “O resultado foi positivo, o maior aprendizado da minha experiência em Israel foi a valorização da agricultura sustentável e o despertar dessa valorização nas nossas escolas, fazendo com que os alunos vivenciem também essa experiência.”

O coordenador do Programa Gira Mundo Israel, Alexandre Fonseca D’Andrea, comentou que “a importância do Seminário foi mostrar os conhecimentos adquiridos em Israel e que os professores conseguiram colocar em prática nas escolas. É um momento de fechamento de um ciclo e início de um novo com cada um dos professores trabalhando para desenvolvimento das escolas que lecionam, visando a melhoria dos índices educacionais e envolvendo a comunidade”.

 

 

Com Secom-PB

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.