Prefeito corta salários, rescinde contratos e dá férias coletivas a servidores da Saúde

O prefeito do município de Esperança, Nóbson Pedro de Almeida, assinou o Decreto nº 1.874, de 9 de novembro de 2018, e publicado na quinta-feira (29), em que estabelece férias coletivas para servidores da Saúde municipal. O Decreto também reduz o próprio salário do gestor, da vice-prefeita, de secretários e outros funcionários e formaliza outras medidas para cortes de gastos.

Nobinho Almeida ainda determinou, no Decreto, a rescisão dos contratos de servidores contratados por excepcional interesse público. A exceção vale para os que trabalham no Hospital Municipal de Esperança e no Samu local, que terão os contratos mantidos até 31 de dezembro deste ano.

Com as férias coletivas, serão atingidas 12 Unidades Básicas de Saúde da Família (UBS), o Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), o Centro de Especialidades Odontológicas (CEO), o Laboratório, a Policlínica e a Farmácia Básica.

Veja na íntegra o Decreto 1.874 do município de Esperança

1 comentário

  • Diogo
    17:15

    Porque o prefeito não deu férias coletivas em outra área da gestão…ele deu logo na saúde, que o setor de maior prioridade em qualquer gestão… SAÚDE acima de tudo senhor prefeito.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.