Prefeito assina Ordem de Serviço de UPA de Cruz das Armas

Os moradores do bairro de Cruz das Armas e de todas as comunidades vizinhas estão cada vez mais próximos de receber uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Na manhã desta quinta-feira (9), o prefeito Luciano Cartaxo assinou a Ordem de Serviço para a construção da UPA Cruz das Armas, que deverá atender cerca de 300 pacientes diariamente, beneficiando mais de 200 mil pessoas. A obra, localizada na Avenida Cruz das Armas, contará com investimentos que somam R$ 6,5 milhões, sendo R$ 4,5 milhões da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) e R$ 2 milhões do Governo Federal.
 
O prefeito Luciano Cartaxo destacou o fato de estar iniciando o seu segundo ano de mandato mantendo o cronograma da gestão, o que possibilita o início das obras da segunda UPA. “Esta será uma ação de extrema importância para a saúde de João Pessoa e que é fruto de muito trabalho e planejamento. Estamos empenhados em cuidar das famílias e transformar a vida das pessoas para melhor. Este é o foco do nosso Governo”, declarou.
 
A UPA Cruz das Armas terá 2.560 metros quadrados (m²) e estará localizada em um terreno de 5 mil m². A Unidade funcionará com uma equipe multidisciplinar formada por cerca de 350 profissionais, incluindo médicos clínicos e pediatras, em uma estrutura composta de 12 leitos, incluindo três vermelhos, dois amarelos e um de isolamento. Os usuários serão divididos por cores, de acordo com a sua classificação de risco. É este ordenamento que determina prioridade dos atendimentos.
 
O vice-prefeito Nonato Bandeira destacou a determinação da gestão municipal em cumprir seus compromissos. “Esta é uma ação que se inicia com uma grande obra, mas que não se esgota em um prédio bonito. A UPA de Cruz das Armas virá acompanhada de mais empregos e qualificação profissional, da compra permanente de insumos e também do foco para garantir sempre o melhor atendimento. Esta é uma ação que precisa do envolvimento de todos”, avaliou.
 
O pedido constante da comunidade, que agora é atendido pela PMJP, foi destacado pelo secretário municipal da Saúde, Adalberto Fulgêncio. “Agora os mais de 200 mil moradores desta região terão acesso a um equipamento de primeiro mundo, com atendimento qualificado, conforto e eficiência. E isso só está sendo possível por termos um prefeito que sabe dialogar e eleger prioridades. Agradeço muito a confiança que a comunidade está depositando em todos nós”, afirmou.
 
Expectativa – Entre os moradores do bairro de Cruz das Armas e de toda a região, é grande a expectativa para receber a obra. “Pedi muito a Deus para que este dia chegasse e hoje estou muito feliz”, destacou a dona de casa Josefa Monteiro, de 65 anos. “Vai ser muito bom ter uma UPA perto de casa, teremos mais serviços disponíveis sem precisar ir para longe. Todo mundo está amando”, garantiu.
 
A servidora pública Joana Márcia, de 34 anos, afirmou que uma UPA em Cruz das Armas era uma questão de necessidade. “Este é um bairro antigo, com muitos idosos, muitas crianças e era difícil correr para um hospital sempre que acontecia uma emergência. Agora podemos acreditar que tudo isso vai mudar com a chegada deste equipamento”, apostou.
 
Serviço – A UPA Cruz das Armas atuará como uma porta de entrada espontânea de urgência e emergência de natureza diversa e tem como objetivo complementar a assistência dos serviços de saúde de média complexidade. Na Unidade, o usuário poderá receber atendimento diversificado, como para dor de cabeça, pico hipertensivo, dor abdominal, descompensação diabética, vômito, desmaio, edema agudo de pulmão, asma, entre outras patologias.
 
O serviço estará articulado com a Estratégia da Família, Atenção Básica, Serviço Móvel de Urgência (Samu), Unidades Hospitalares, seguindo fluxos coerentes e efetivos de referência e contrarreferência por meio das Centrais de Regulação Médica de Urgência. O sistema de acolhimento é realizado por enfermeiros e se baseia na classificação de risco do Programa Nacional de Humanização do Ministério da Saúde. A estratégia de funcionamento está diretamente relacionada ao trabalho do Samu, que organiza o fluxo de atendimento e encaminha o paciente ao serviço de saúde adequado à situação.
 
Presenças – A solenidade foi prestigiada pelo deputado estadual João Gonçalves e pelos vereadores Dinho Dowsley, Elisa Virgínia, Luís Flávio, Benilton Lucena e Sérgio da SAC. 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.