Polícia prende falso sindicalista por oferecer empregos inexistentes e cobrar das vítimas

Um homem que se passava por representante sindical foi preso na terça-feira, 23, pela Polícia Civil da Paraíba, na cidade de Monteiro, Cariri Paraibano.

Segundo o delegado Jorge Luiz, a 14ª Delegacia Seccional de Polícia Civil (DSPC), deu cumprimento a dois Mandados de Prisão em desfavor de falso sindicalista, que oferecia empregos cobrando das vítimas valores entre R$ 350,00 e R$ 500,00.

“De acordo com informações compartilhadas pela Polícia Civil do Ceará, ele agia em Fortaleza (CE), onde enganava as vítimas e oferecia empregos inexistentes. Para isso, os interessados depositavam os valores em sua conta para que ele disponibilizasse a pseudo vaga”, esclareceu o delegado Jorge Luiz.

Através das redes sociais, o suspeito agia em outra frente, lesando os consumidores virtuais com a comercialização de roupas íntimas femininas. Nesse caso, ele obtinha a quantia pecuniária correspondente à venda, mas não entregava o produto ao comprador.

“A prisão ocorreu por policiais civis na cidade de Monteiro e o preso foi encaminhado para a cadeia Local, onde aguardará determinação da Justiça para ser encaminhado para o estado do Ceará”, concluiu.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.