PF apreende cerca de R$ 30 mil durante Operação Cifrão em Campina Grande

Cerca de R$ 30 mil reais, três veículos, celulares e documentos foram apreendidos nesta quinta-feira (2) durante o cumprimento de mandados de busca e apreensão no âmbito da Operação Cifrão, deflagrada hoje pela Polícia Federal na Paraíba, em parceria com a Controladoria-Geral da União, Ministério Público Federal em Campina Grande e Gaeco, do Ministério Público da Paraíba (MPPB).

O dinheiro foi apreendido durante buscas realizadas em Campina Grande. Segundo o delegado Antônio Glauber, da PF, foram 28 alvos de buscas e apreensões, cumpridos entre empresas e pessoas físicas. Além de Campina, aconteceram buscas e apreensões em João Pessoa e na Prefeitura de Queimadas. O delegado não informou o local onde o dinheiro foi apreendido.

A Operação Cifrão apura a prática de crimes relacionados à aplicação e desvio de recursos das entidades que integram o Sistema “S” da Indústria no Estado da Paraíba. As investigações duraram pouco mais de um ano.

A investigação demonstra que, em apenas três contratos auditados pela CGU, foram desviados mais de R$ 2 milhões em benefício de empresas, empresários e pessoas vinculadas ao Sistema “S”.

A operação contou com a participação de 96 Policiais Federais e 9 Auditores da Controladoria-Geral da União.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.