Olavo de Carvalho defende “pena de morte” para Alexandre de Moraes; veja

Em live na noite desta quarta-feira (27) com o deputado Eduardo Bolsonaro, o guru bolsonarista Olavo de Carvalho pregou “pena de morte” ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, responsável pelo inquérito que desencadeou a operação da Polícia Federal (PF) contra a milícia digital bolsonarista pela manhã.

“Essa gente não deveria ter o direito de abrir a boca. Para mim, esse Alexandre de Moraes tem que ser posto na cadeia e não ter o direito de falar. Eu sou a favor da pena de morte para esses casos”, afirmou o astrólogo, mentor intelectual da maioria dos integrantes do grupo radicais bolsonaristas.

Participaram da live também a deputada Bia Kicis (PSL-DF), o blogueiro Allan dos Santos, que são alvos da investigação, e o psiquiatra Italo Marsili, que chegou a ser cotado para o Ministério da Saúde, que não se pronunciaram sobre a fala do guru.

Munição para a milícia
Nas redes sociais, Olavo passou o dia municiando com mensagens, vídeos e fake news a milícia digital bolsonaro. Em uma das publicações, ele fala diretamente com Jair Bolsonaro para colocar “os juízes criminosos na cadeia antes que eles o ponham”.

“Sr. Presidente: Como o senhor permite que a sua Polícia Federal tome parte em AÇÕES ILEGAIS contra brasileiros cujo único crime foi o de apoiá-lo? Ponha os juízes criminosos na cadeia antes que eles o ponham”, afirmou.

 

Com Revista Fórum

Comentários