MPPB propõe criação de força-tarefa para coibir ocupação de áreas de proteção ambiental

O Ministério Público da Paraíba realizou uma audiência  para discutir a formação de uma força-tarefa com diversos órgãos com objetivo de planejar ações para coibir a ocupação ilegal de áreas de proteção ambiental do Parque das Trilhas e do Jardim Botânico (Mata do Buraquinho).

A audiência, realizada ontem (7), teve a participação do procurador-geral de Justiça, Francisco Seráphico Ferraz da Nóbrega Filho, o promotor do Meio Ambiente de João Pessoa, José Farias; o procurador de Justiça Francisco Sagres; o coordenador do Centro de Operacional do Meio Ambiente, Raniere Dantas.

Também participaram o superintendente da Sudema, Fábio Andrade Medeiros; comandante-geral da PM, coronel Euller Chaves; o delegado-geral, Isaías Gualberto; e representantes da Secretaria de Segurança e Defesa Social, do Batalhão de Polícia Ambiental, do Ibama, da Companhia de Desenvolvimento da Paraíba (Cinep), da Secretaria de Planejamento da Prefeitura de João Pessoa.

O promotor José Farias destacou a importância da atuação conjunta dos órgãos, inclusive no viés repressivo, para coibir as ocupações ilegais. Ele informou que a força-tarefa vai planejar as ações e medidas que deverão ser tomadas. Também foi discutida na reunião a criação do conselho gestor e do plano de manejo do Parque das Trilhas e do Jardim Botânico.

Os representantes das instituições presentes parabenizaram o MP pela iniciativa e se colocaram à disposição para atuarem conjuntamente.

Ao final, foram indicados os representantes para compor a força-tarefa com membros do Ministério Público do Estado, da Secretaria de Segurança e Defesa Social, da Polícia Militar, da Polícia Civil, da Sudema, do Ibama e da Cinep. Os integrantes devem se reunir nos próximos dias para iniciarem os trabalhos.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.