MP promove reunião sobre partidas entre Treze e Campinense neste domingo

O Núcleo do Desporto e Defesa do Torcedor (Nudetor) do Ministério Público da Paraíba e a Comissão de Prevenção e Combate à Violência nos Estádios realizaram uma reunião, na sede do Comando Regional da Polícia Militar da 1º Região, para discutir as providências a serem tomadas para os jogos entre o Treze e Campinense que ocorrerão no próximo domingo (16) e no dia 29 de março no estádio Amigão, em Campina Grande.

Participaram da reunião o coordenador do Nudetor e da comissão, procurador de Justiça Valberto Lira; o promotor de Justiça Sócrates Agra; os comandantes das Unidades da PM naquela cidade (II e X BPM), Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea-PB), Federação Paraibana de Futebol (FPF), dirigentes das equipes do Campinense Clube e Treze Futebol Clube.

De acordo com o procurador Valberto Lira, a reunião sempre ocorre, objetivando que haja a participação das torcidas das duas equipes, devido à rivalidade. Pelo regulamento Geral das Competições ao clube visitante é assegurado a reserva de 10%, da quantidade de ingressos colocados á venda, desde que manifeste essa intenção, por escrito, no prazo de até 72 horas antes, arcando com os custos.

O mando do jogo do próximo domingo será do Campinense Clube e do dia 29 de março será da equipe do Treze. Ficou acordado que, no jogo de domingo, a torcida do Campinense ocupará a arquibancada sombra e a do Treze, a arquibancada sol, invertendo-se as posições na partida do dia 29 de março. Além disso, os ingressos terão preço único.

A Guarda Civil vai ocupar o terminal de integração e a saída das torcidas vai depender da orientação da PM.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.