Mesa Diretora da Câmara de João Pessoa emite nota de pesar pela morte de Lúcia Braga

A Mesa Diretora da Câmara Municipal de João Pessoa emitiu nota de pesar pela morte da ex-deputada e ex-primeira dama, Lúcia Braga. Ela morreu nessa sexta-feira (8), na UTI do Hospital Nossa Senhora das Neves, em João Pessoa.

Ela estava internada desde a semana passada. Lúcia apresentou problemas respiratórios, estava entubada e suspeita-se que estivesse com coronavírus, embora o resultado do exame nunca tenha sido divulgado. A família informou que o corpo de Lúcia será cremado, mas o horário ainda não foi definido.

Em nota, a Mesa Diretora da CMJP declarou que Lúcia Braga foi “pioneira na inserção feminina na política e assistente social por formação” e que “Lúcia foi um ícone em defesa do amparo aos mais carentes e a primeira mulher a exercer o mandato como deputada federal.”

Saiba mais

Ex-deputada Lúcia Braga morre com suspeita de coronavírus em João Pessoa

Veja a nota na íntegra

 

Nota de pesar

Antônia Lúcia Navarro Braga foi pioneira na inserção feminina na política e assistente social por formação

A Mesa Diretora da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) expressa seu profundo pesar pelo falecimento da ex-deputada federal constituinte, ex-deputada estadual e ex-primeira dama do Estado da Paraíba, Antônia Lúcia Navarro Braga. Pioneira na inserção feminina na política e assistente social por formação, Lúcia foi um ícone em defesa do amparo aos mais carentes e a primeira mulher a exercer o mandato como deputada federal.

Por sua importância e protagonismo na política, na sociedade e no amparo aos mais carentes, a Câmara Municipal de João Pessoa lamenta a partida de Lúcia Braga e transmite seus votos de solidariedade aos parentes, amigos e admiradores desta grande paraibana.

Secom CMJP

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.