Maioria do TRF-4 decide colocar Palocci em prisão domiciliar

Dois desembargadores do TRF-4 já votaram pela redução da pena e cumprimento em regime domiciliar para o ex-ministro Antônio Palocci.

Ainda resta um voto. Victor Laus pediu para analisar se Palocci faz jus aos benefícios do acordo de delação premiada.

Na 1ª instância, Palocci foi condenado a 12 anos e 2 meses por corrupção passiva e lavagem de dinheiro

De acordo com o MPF, Palocci negociou propinas com a Odebrecht.

G1

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.