Luciano avalia que eleição do PT sinaliza manutenção de vice-governadoria

O vice-governador da Paraíba, Luciano Cartaxo (PT), declarou hoje que o deputado federal Luiz Couto além de perder a eleição para presidente do PT também ficou de fora da disputa para o Senado Federal. Segundo Cartaxo, o parlamentar perdeu tempo fazendo denúncias durante a campanha e esqueceu de pedir votos aos filiados. Teria sido por esse grau de "radicalismo" que Couto estaria impedido de concorrer a uma vaga para o Senado. Para Cartaxo, com a eleição de Rodrigo Soares, o PT sinalizou que quer preservar o espaço que detém na chapa de Maranhão, ou seja, deve manter a vice-governadoria.

Na véspera da eleição do PT, Couto havia criticado Cartaxo, dizendo que ele não tinha DNA petista e que sua palavra não tinha valor.

"A resposta a Couto foi dada pelos petistas. Ele passou a campanha toda fazendo denúncias, sem apresentar alternativa para o PT, cobrando que o Estado passasse por uma renovação no quadro político e tentava ser presidente do PT pela terceira vez. A militância disse claramente que não aceitava.

As declarações foram dadas ao Parlamentopb hoje de manhã na entrevista coletiva concedida pelo deputado estadual Rodrigo Soares.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.