Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Justiça suspende inserções de Maranhão na TV

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

O Tribunal Regional Eleitoral acatou hoje de maneira parcial cinco representações movidas pela Coligação Uma Nova Paraíba e que acusava a adversária, Paraíba Unida, de propaganda eleitoral irregular nas inserções do candidato à reeleição José Maranhão (PMDB). O material questionado fazia um comparativo entre as ações de José Maranhão e de Ricardo Coutinho (PSB) e ilustrava as diferenças usando recursos de computação gráfica.

O advogado da Coligação Uma Nova Paraíba, Fábio Andrade, enfatizou em sua sustentação oral que a lei eleitoral proíbe o uso de desenhos animados, trucagens e computação gráfica na produção dos guias eleitorais e inserções.

O entendimento foi acatado pelo juiz Eduardo José Carvalho Soares, relator dos processos, que determinou a suspensão do material questionado, sob pena de multa de R$ 10 mil por cada inserção veiculada em desacordo com a ordem judicial.

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Arthur Urso leva “esposas” para passear sem roupa íntima na orla de João Pessoa

Professores da UFPB desistem de candidatura e apoiam Terezinha e Mônica

Anteriores

luizcoutofrente

Luiz Couto apresenta R$ 59 milhões em emendas para investimentos na PB

bolsonaro e walber virgolino em cabedelo 130424

Jair Bolsonaro visita feira e faz passeata com apoiadores em Cabedelo

X rede social

Diretor jurídico que representava X no Brasil renuncia ao cargo

alcool FOTO juca varella agencia brasil

Agevisa restringe venda livre de álcool a 70% na Paraíba a partir de 30 de abril

livros FOTO Pixabay

FLIDI: Festa Literária de Dona Inês celebra literatura e educação no clima frio da serra paraibana

vacina seringa FOTO Pixabay

Paraíba tem Dia D de vacinação contra influenza e multivacinação

viatura pcpb FOTO Ascom PCPB_

Travesti é assassinada no bairro de Jaguaribe, em João Pessoa

mega sena agencia brasil

Mega-Sena sorteia prêmio acumulado em R$ 56 milhões

luis roberto barroso FOTO valter campanato agencia brasil

Regulação da Inteligência Artificial precisa proteger direitos fundamentais, diz presidente do STF

_viatura pcpb FOTO Ascom PCPB

Policial civil é preso suspeito de matar homem em bar, em Patos