João Azevêdo decreta luto de três dias pela morte de Ivandro Cunha Lima e Cícero Lucena homenageia amigo

O governador João Azevêdo e o prefeito Cícero Lucena homenagearam o ex-senador e ex-deputado Ivandro Cunha Lima, que morreu neste sábado (28), aos 92 anos, vítima de falência de múltiplos órgãos. O govenador decretou luto oficial de três dias.

Ivandro Cunha Lima havia feito aniversário na última quinta-feira (26). Nasceu em Guarabira, no Brejo paraibano, e 26 de maio de 1930, e morreu em casa, em Campina Grande, neste sábado. Era filho de Demóstenes Cunha Lima e de Francisca Bandeira da Cunha.

“Quero lamentar o falecimento do ex-senador Ivandro Cunha Lima. A Paraíba perde um grande homem público, que deixa um legado construído ao longo dos seus 92 anos de vida. Estamos decretando luto oficial de 3 dias no estado e manifestamos toda nossa solidariedade aos familiares e amigos. Que Deus conforte a todos!”, decretou João Azevêdo.

Já o prefeito Cícero Lucena disse que recebeu “com tristeza a notícia da morte do meu amigo, paraibano ilustre, o ex-senador da República, Ivandro Cunha Lima. Homem de coração generoso e bondoso, Ivandro deixa um legado de respeito e integridade por onde passou. Tive a felicidade de conviver com ele por muitos anos, sempre ouvindo seus ensinamentos e vendo suas práticas. Meus sentimentos para toda sua família e amigos neste momento de dor. Que Deus o receba de braços abertos na eternidade.”

O velório e sepultamento acontecem hoje. “Aos amigos que desejarem se despedir de nosso pai, tio, avô e bisavô informamos que o velório, no Campo Santo Parque da Paz, terá início às 14h e o sepultamento do corpo ocorrerá às 17h30 deste sábado.”

Ivandro Cunha Lima foi deputado federal por dois mandatos, entre 1991 e 1999, foi senador e presidente do MDB na Paraíba, em 1973 e atuou também como secretário-Chefe da Casa Civil do Governo da Paraíba, de 1991 a 1992. Formou-se em Direito pela Faculdade de Direito do Recife, em Pernambuco, em 1955.

Saiba mais

Morre aos 92 anos ex-senador e ex-deputado Ivandro Cunha Lima

Autoridades e instituições lamentam morte de Ivandro Cunha Lima

 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.