Gominho desafia Major Fábio a provar parentesco dele com policial preso

O secretário da Segurança e da Defesa Social (SEDS) da Paraíba, Gustavo Ferraz Gominho, rebateu na tarde desta segunda-feira (5), denúncias do deputado federal Major Fábio. Durante entrevista em um programa de rádio da Grande João Pessoa, o parlamentar afirmou que o policial civil Pedro Quincas de Sá Filho, preso em 2008 com mais de 200 quilos de maconha, seria primo do secretário.

Gustavo Gominho garantiu que a afirmação é descabida e as informações divulgadas pelo Major Fábio foram, na verdade, distorcidas, como esclarece na nota a seguir.
 
“NOTA À IMPRENSA
 
Esclareço à população e a toda a imprensa paraibana que encaro a denúncia do Major Fábio como uma deslavada mentira e desafio o parlamentar a provar que esse bandido, Pedro Quincas, seja meu parente em qualquer grau, por mais longínquo que seja, e que eu tenha interferido em favor do mesmo policial.

O Major Fábio teria divulgado em mais de uma rádio que eu teria obrigado uma guarnição da Polícia Militar a comparecer à Secretaria da Segurança e da Defesa Social para se desculpar com um policial federal, que teria sido preso pela referida guarnição por dano e desacato, quando na realidade o policial federal foi quem me pediu que chamasse os policiais militares para lhes pedir desculpas e não o inverso.
 
 
Gustavo Ferraz Gominho
Secretário de Estado da Segurança e da Defesa Social”

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.