Fogo em Lixão de Patos leva a criação de força-tarefa para prevenir novos incêndios

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Um incêndio registrado próximo ao Lixão de Patos, no sertão da Paraíba, deixou vários setores da prefeitura em estado de alerta na tarde deste sábado, 1º de setembro. Rapidamente, formou-se uma grande cortina de fumaça, que foi vista de várias localidades.

O secretário de Meio ambiente da Prefeitura de Patos, Natércio Alves, disse que assim que tomou conhecimento do ocorrido, acionou o Corpo de Bombeiros para que as chamas fossem debeladas, sem provocar maiores incidentes, caso atingissem o lixão.

“Nós tivemos um incêndio, aqui próximo do lixão, onde tem uma grande quantidade de capim seco e que pegou fogo nessa área; imediatamente, nós convocamos o Corpo de Bombeiros, e com a máquina do lixão aumentamos a área de roço, para que não se transformasse numa catástrofe”, contou o secretário de meio ambiente.

Ninguém sabe ao certo como o fogo começou; porém, as altas temperaturas da cidade, nesta época do ano, são indícios de que novos incidentes podem voltar a acontecer.

Pensando nisso, foi marcada para a próxima terça-feira, dia 4, às 15h, na sede do corpo de bombeiros, uma reunião para traçar uma estratégia de prevenção e controle do fogo do lixão, por meio de uma força tarefa.

A informação foi repassada pelo secretário municipal de agricultura, João Paulo de Lacerda. Segundo ele, o pedido partiu do próprio Batalhão dos Bombeiros, que sugeriu que todas as secretarias envolvidas no combate ao fogo do lixão, estivessem presentes.

“Nesta reunião, faremos um cronograma e também iremos definir um plano de ação, no caso de fogo no lixão, já que nesse período do ano, em que é mais quente e seco, ocorrem de forma mais ativa as queimadas e também evitando, como já aconteceu no passado, as queimadas intencionais; no caso do ano passado, nós tivemos dentro de um mês, seis queimadas criminosas do Lixão que foram prontamente apagados e assim nós trabalhamos para evitar o menor dano possível a nossa população”, relatou João Paulo.

Já confirmaram presença na reunião as secretarias de Agricultura (através da Defesa Civil), Infraestrutura, Meio ambiente e Serviços públicos.

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

Anteriores

apreensao drogas gadanhe

MAIS LIDAS