Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Entidades vão à Câmara cobrar agilidade na apreciação do pedido de impeachment de Leto Viana

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Entidades que estão pedindo o impeachment do prefeito afastado de Cabedelo, Leto Viana, e do vice-prefeito, Flávio de Oliveira, ocuparão a Câmara Municipal na noite desta quinta-feira (7) para cobrar da Presidência da Casa Legislativa e da comissão processante agilidade na apreciação do pedido de impeachment. A sessão está prevista para começar às 19h30 na Câmara.

“Estamos vigilantes e vamos cobrar o andamento da comissão, inclusive quanto ao prazo para que apresente o relatório final . A lei orgânica do município estabelece prazo de até 90 dias, porém, entendemos que 30 dias é mais do que suficiente porque, além das fortes evidências apresentadas pela Polícia Federal e pelo Ministério Público, 30 dias foi o prazo para cassar Collor e Dilma, presidentes da República. Portanto, qualquer prazo maior que esse entenderemos como manobra e a sociedade cobrará isso dos vereadores”, disse Marcos Patrício, presidente do PSol e um dos autores do pedido de impeachment.

As entidades também defendem a cassação dos vereadores afastados por envolvimento  no esquema apontado pela Operação Xeque-Mate. Mas a prioridade agora é a cassação do mandato do prefeito afastado Leto Viana. “Os vereadores em exercício não podem cassar seus pares sem antes cassarem quem comandava o esquema de corrupção que a Xeque-Mate desmontou”, afirmou Marcos Patrício.

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

UEPB: uma crise democrática

Confusão continua: TRE nega ter chancelado posse de Raissa Lacerda na Câmara

Anteriores

quais-os-salarios-e-beneficios-para-todos-os-cargos-da-policia-civil-da-paraiba-concursos-2022

Operação da Polícia Civil da Paraíba prende quadrilha especializada em extorsão

Priscila e Ramonilson (1)

Baronesa lança pré-candidatura em Patos e Ramonilson fala em ‘compromisso não honrado’

PSDB candidaturas femininas

PSDB amplia bases para eleições municipais e aposta em pré-candidaturas femininas na PB

Prisão, cadeado

Polícia Civil prende investigado por participar do assassinato do tio

Polícia Civil JP

Preso foragido do Rio que manteve família refém em JP durante assalto

Furto agências bancárias

Polícia Civil e PRF prendem investigados por furto de computadores de agências bancárias na Paraíba, PE e RN

Sandra Marrocos 2

Sandra Marrocos deixa cargo no Ministério das Mulheres para assumir pré-candidatura

CMJP 2023

Agenda da Câmara esta semana tem votação da LDO, debates e entrega de honrarias

Dinheiro 2

Caixa libera abono do PIS/Pasep para nascidos em julho e agosto

João Azevêdo close

João apresenta investimentos do Governo com recursos de emendas parlamentares estaduais