Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Efraim Filho diz que votação do Marco Temporal foi ‘reação’ contra decisão do STF

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

O senador paraibano Efraim Filho disse hoje (28) que a aprovação do projeto que estabelece um marco temporal para demarcação de terras indígena foi, sim, uma reação contra a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que nesta quarta-feira (27). definiu a tese do marco como ilegal.

“Sim, foi uma reação. É preservar as competências e as prerrogativas do Congresso Nacional. O Congresso Nacional tem pessoas eleitas pela população, escolhidas pelo povo. Certo ou errado cada um faz seu juízo de valor, mas foram escolhidas por cada estado, pelas pessoas. Diferente do Supremo, que tem 11 indicados pelo governo. Então, não pode ser o Supremo que decida questões como essa e como outras que virão”, disse Efraim Filho (União), que votou a favor do projeto do marco temporal aprovado ontem no Senado.

 

Além dele, a senadora Daniella Ribeiro (PP) também votou favorável ao projeto. Veneziano Vital do Rêgo (MDB) não participou da votação.

A fala do paraibano contraria declarações de alguns colegas sobre a aprovação do Marco temporal em relação ao Supremo.

Após a aprovação do projeto, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco , declarou que a votação do texto pelo Senado não representa um “enfrentamento” ao tribunal e classificou o gesto do Congresso como “muito natural”.

O ex-juiz Sergio Moro também declarou que a proposta não é uma afronta ao STF, afirmando que a própria Corte possui divergências em relação ao tema.

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Arthur Urso leva “esposas” para passear sem roupa íntima na orla de João Pessoa

Professores da UFPB desistem de candidatura e apoiam Terezinha e Mônica

Anteriores

dinheiro-ab

INSS começa a pagar primeira parcela do 13º na quarta-feira; veja calendário

Pai que matou o filho é preso

Polícia prende homem que matou o filho ao tentar defender a mãe de agressões

Jucélio Dantas é acusado de assassinar kaliane Medeiros

‘Caso Kaliane’: Acusado será julgado hoje pela morte da ex-companheira

Raios em JP

Paraíba tem aumento de mais de 40% na quantidade de raios no primeiro trimestre de 2024

Polícia Civil, homicídios 1

Pai que matou filho ao defender a mãe continua foragido

Sérgio Queiroz 2 22

Queiroz aceita ser vice de Queiroga: “Quem quiser ser grande, seja servo “

Arlenilson Pereira

Suspeito de 4 assassinatos e outros crimes, homicida mais procurado em Campina é preso em SC

CMJP 30

Câmara terá semana com entrega de títulos e debate sobre empreendedorismo feminino

São João de Campina Grande

Empreender PB abre vagas para comerciantes que irão atuar nos festejos juninos de Campina Grande

Acidente na Epitácio Pessoa

Motociclista morre em acidente na Avenida Epitácio Pessoa