Divulgados os ganhadores dos ingressos do ParlamentoPB para ‘Casa do Julgamento’

O portal ParlamentoPB sorteou, na tarde deste domingo (8), os cinco pares de ingressos para o espetáculo ‘Casa do Julgamento’ que, este ano, traz o tema ‘Abuso’. As encenações acontecem na Fundação Cidade Viva, no bairro Aeroclube, em João Pessoa, até o próximo sábado (14), com sessões das 19h às 23h de segunda a sexta-feira e, no sábado, das 16h à meia-noite.

Ganhadores

Foram mais de 1.700 comentários entre dezenas de participantes. Os ganhadores foram sorteados e divulgados no Instagram do ParlamentoPB. Foram eles: Ana Carolina Souza, Daniel Calixto, Luiza Eduarda, Rebecca Rhuanny e Rebeka Oliveira. Cada um ganhou um par de ingressos, em forma de nome em lista na bilheteria do espetáculo. Eles devem apresentar documento oficial com foto e escolher qualquer um dos próximos seis dias em que a peça teatral estará sendo realizada no Cidade Viva.

Casa do Julgamento

‘Casa do Julgamento’ é um formato internacional que, na Paraíba, está com a Companhia Abner. A obra está sendo apresentada desde a quarta-feira (4), no Cidade Viva, no bairro Aeroclube, onde fica até o dia 14 de julho. A classificação indicativa é 12 anos.

Abuso

A Cia Abner pretende iniciar as sessões a cada 15 minutos. Com o tema ‘Abuso’, o espetáculo quer promover ações e intensificar a campanha de conscientização da problemática, divulgando o número 100 do Disque Denúncia.

Equipe

O ‘Casa do Julgamento’ é formado por 400 pessoas que compõem o elenco, equipe de marketing, produção, bilheteria, segurança e recepção, além dos voluntários do Cidade Viva. Ele já foi assistido por mais de 100 mil pessoas.

O tema

O texto da peça é do diretor teatral Aldo Galdino, do pastor e líder de jovens da Cidade Viva, Thiago Dutra, da cineasta Lúcia Magalhaes e de uma comissão de psicólogas. “A escolha do tema da Casa do Julgamento 2018 sobre ‘Abuso’ é decorrente de depoimentos de pessoas que assistiram a Casa do Julgamento no ano passado, com a temática do ‘Suicídio’. Uma parcela de pessoas que assistiu declarou que muitos casos de tentativas de suicídio e do ato de suicídio eram de pessoas que haviam sofrido também abuso, daí a importância de expor a problemática”, disse Aldo.

 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.