Distribuição de cestas básicas para alunos da rede pública estadual começa em dez dias

A lei que assegura o fornecimento de cestas básicas para alunos da rede pública estadual por conta da pandemia de coronavírus foi publicada na edição, desta terça-feira (5), do Diário Oficial do Estado (DOE).

Os alunos, que estão estudando em casa, de forma remota, começam a receber a cesta em dez dias, segundo informações da Secretaria de Educação. “A previsão é de que as cestas sejam distribuídas a partir do dia 15”, disse o secretário de Educação, Cláudio Furtado.

O governador João Azevêdo anunciou, na noite de ontem, durante transmissão ao vivo em suas redes sociais, que tinha sancionado a lei. “Recebemos esse projeto da Assembleia Legislativa e amanhã (hoje) será publicado no Diário Oficial do Estado”, disse.

Em relação à distribuição das cestas básicas, uma logística será montada pela Secretaria da Educação para assegurar a entrega dos produtos aos alunos. “Nós vamos fazer a entrega neste mês e no próximo e estamos discutindo a logística de como essa ação será executada”, informou Azevêdo.

Regime Especial de Ensino

O governador fez uma avaliação positiva do sistema implantado na rede estadual de ensino, devido à suspensão das aulas presenciais. De acordo com ele, 99,2% das escolas já tiveram o tema do plano estratégico implantados; 99,4% das escolas já receberam os guias pedagógicos; 90% dos professores já participaram dos treinamentos e já estão engajados nas atividades, utilizando as ferramentas disponibilizadas. “Além das redes sociais, estamos utilizando a ferramenta do Google Classroom, que já está sendo usada por 86% dos alunos, permitindo que os professores criem uma relação do ensino à distância a partir de uma tecnologia diferente e que tem dado resultados”, falou.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.