Deputada se queixa de calúnia e agressão durante sessão da Assembleia

A deputada estadual Estela Bezerra (PSB) emitiu uma nota hoje na qual informa que acionará o Conselho de Ética a respeito de calúnias a agressões proferidas contra ela durante uma sessão realizada ontem na Assembleia Legislativa da Paraíba e que discutia o “Maio Amarelo”. “Fui surpreendida negativamente ao saber que a Assembleia Legislativa da Paraíba foi utilizada para ser palco de ataques e agressões caluniosas contra mim, ao ex-governador Ricardo Coutinho ao deputado Doda de Tião e a companheiros de partido”, disse ela no texto.

As acusações foram feitas pela advogada Laura Berquó que utilizou a palavra e citou o assassinato do servidor público Bruno Ernesto Morais, que tinha 31 anos quando foi morto em fevereiro de 2012, relacionando o crime com a então gestão municipal, que tinha Ricardo Coutinho como prefeito e Estela como secretária. O deputado Doda de Tião é frequentemente citado por Laura, inclusive em seu blog, por suposto envolvimento com delitos praticados na região de Queimadas.

Quem presidia a sessão era o deputado Eduardo Carneiro. O cabo Gilberto participou da Mesa dos trabalhos.

Confira a nota emitida pela deputada Estela Bezerra:

“Fui surpreendida negativamente ao saber que a Assembleia Legislativa da Paraíba foi utilizada para ser palco de ataques e agressões caluniosas contra mim, ao ex-governador Ricardo Coutinho ao deputado Doda de Tião e a companheiros de partido.

Ontem, a sessão que deveria abordar a conscientização sobre a violência no trânsito e criação de políticas públicas para a redução das mortes nas rodovias, foi desvirtuada de forma rasa, covarde e sorrateira.

É inadmissível que o denuncismo, a
calúnia e a difamação virem rotina e estratégia de visibilidade dentro da AL, espaço que deveria combatê-los. Neste caso com o consentimento e a difusão feita por parlamentares que deveriam prezar pelo respeito, pelo debate ético e pela verdade.

Entraremos com representações no Conselho de Ética e na Justiça contra todos os envolvidos para que respondam pelas suas atitudes covardes, destituídas de caráter e irresponsáveis.

Seguiremos nosso mandato em favor de um estado democrático, socialmente justo e inclusivo. Sem denuncismo barato, com ética e, sobretudo, com respeito ao povo paraibano.

Estela Bezerra”

Deputada se queixa de calúnia e agressão durante sessão da Assembleia

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.