Coronavírus causa a morte do cronista esportivo João de Souza

Morreu no fim da manhã deste domingo, 28, na UTI do Hospital Santa Isabel, em João Pessoa, o cronista esportivo João de Souza, de 73 anos. Ele era graduado em Educação Física e chegou a trabalhar como professor, mas como repórter esportivo sua trajetória foi muito ligada à Rádio Tabajara. onde atuou por décadas em várias gestões, tendo, inclusive coordenado a área esportiva.

O jornalista Stefano Wanderley lembrou que entre seus maiores feitos, pode-se citar que João foi o único repórter da Paraíba presente em quatro Copas do Mundo (86, no México; 90, na Itália; 94, nos Estados Unidos; e 98 na França). Também transmitiu o jogo Flamengo e Botafogo da Paraíba em 1980, quando o time paraibano derrotou a equipe de Zico em pleno Maracanã e trabalhou na transmissão da Copa América em 1989 quando o Brasil sagrou-se campeão.

João de Souza era natural de Santa Rita e havia sofrido alguns AVCs em 2015, o que deixou sua saúde fragilizada. Por causa da Covid-19, foi internado no Hospital São Luiz na semana passada e na noite de sexta-feira havia sido transferido para o Santa Isabel, onde morreu por volta das 12h30 deste domingo.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.