Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Com pandemia, brasileiros morreram mais, casaram menos e tiveram menos filhos

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

A pandemia de covid-19 fez o Brasil registrar em 2020 o maior crescimento anual de mortes desde 1984, revelam as Estatísticas do Registro Civil 2020, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgadas na manhã desta quinta-feira, 18. Os óbitos cresceram 14,9% sobre os números de 2019. Já os nascimentos tiveram queda de 4,7% no mesmo período.

O levantamento do IBGE revelou também que o número de casamentos teve, entre 2019 e 2020, uma queda histórica, de 26,1%. Foi a maior redução desde o início da divulgação dessas estatísticas de registro civil, em 1974. Tradicionalmente, o número de divórcios também é divulgado como parte das estatísticas. No entanto, por causa da pandemia, não foi possível coletar a tempo esses registros. Por isso, sua apresentação foi adiada.

“Olhando para a série histórica, nunca tínhamos registrado alterações tão importantes de um ano para o outro”, afirmou a gerente da pesquisa, Klívia Brayner.

No ano passado, o Brasil registrou 1.513.575 mortes, 195.965 a mais do que em 2019. Tanto percentualmente (14,9%) quanto em números absolutos, foi a maior alta em 37 anos, segundo o IBGE. Todas as regiões do País registraram aumentos. Os maiores foram no Norte (25,9%) e no Centro-Oeste (20,4%). O Nordeste também teve alta superior à média (16,8%), seguido pelo Sudeste (14,3%) e o Sul (7,5%).

Embora a pesquisa não registre as causas diretas das mortes, o impacto da pandemia é claro. Dentre os óbitos extras ocorridos no ano passado, 99,2% foram por causas naturais. A maioria ocorreu entre os maiores de 60 anos, a faixa etária mais vulnerável à covid. O trabalho mostra ainda que 73,5% das mortes aconteceram em hospitais.

“O IBGE não registra a causa da morte, mas olhando os registros do SUS, verificamos que as doenças infecciosas, que normalmente aparecem em sétimo ou oitavo lugar como causa das mortes, no ano passado surgiram em segundo, abaixo apenas das doenças do aparelho circulatório”, explicou Klívia.

A queda do número de nascimentos entre 2019 e 2020, segundo os pesquisadores do IBGE, é expressiva, embora seja mais difícil de ser relacionada diretamente à pandemia. De acordo com o levantamento, o número pode estar revelando atraso nos registros por causa do isolamento social, das restrições da mobilidade e do fechamento dos cartórios.

Uma queda maior do que esta foi registrada entre 2015 e 2016, atribuída à epidemia de zika. Essa doença teve impacto específico sobre as gestantes, uma vez que o vírus poderia provocar o nascimento de crianças com microcefalia. Na ocasião, o recuo chegou a 10% em Pernambuco, o estado mais afetado pela doença.

No caso dos casamentos, a queda dos registros foi a maior da série histórica: de 1.024.676 em 2019 para 757.179 no ano passado. A redução foi igualmente registrada em todas as regiões do País. Teve mais intensidade no Nordeste (27,8%), no Centro-Oeste (27,7%) e no Sudeste (27,3%). Segundo os pesquisadores, ligeiras quedas nos números de união vêm ocorrendo desde 2016. A ocorrida no ano passado, muito maior, estaria ligada ao isolamento social em decorrência da pandemia, afirmam.

“Muita gente evitou as cerimônias, por mais simples que fossem, por conta das aglomerações”, constatou Klívia. “Foi um efeito direto da epidemia.”

 

Estadão

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Banco do Nordeste nomeia novo superintendente na Paraíba

Prefeito paraibano fala de “infelicidade” de ter filhos autistas e servidora acrescenta: “São doidos”

Anteriores

7efa1fa809712137e62ae45fe4983881

Desembargadora rejeita recurso do PSOL do “L” e prevê plenária obrigatória

WhatsApp Image 2024-07-17 at 17.42.21

Sebrae participa da realização da Feira de Negócios e Empreendedorismo da Paraíba em Cuité

CelestEpitacioPessoa_fotoGilbertoFirmino-34-scaled

Celest abre inscrições para mais de 700 vagas nos cursos de línguas estrangeiras neste sábado

prova

Prefeitura de Princesa Isabel abre inscrições para concurso nesta quarta

aumento_gazolina_rj_0506202742

MPPB recomenda Procon-CG autuar distribuidores e postos de combustíveis que estão descumprindo reajuste da Petrobras

WhatsApp Image 2024-07-17 at 13.35.57

Presidente da FPF-PB vai ser a chefe da delegação da seleção brasileira feminina nas Olimpíadas

Design-sem-nome-2024-07-17T135326.590

Caminhão de frutas tomba e deixa motorista ferido em Santa Luzia, no Sertão da Paraíba

WhatsApp Image 2024-07-17 at 15.32.09

Servidores do INSS rejeitam proposta do governo e continuam em greve

Canal-Solar-GECEX-revoga-mais-de-200-ex-tarifarios-de-equipamentos-fotovoltaicos-1-1

Procon-JP notifica Energisa após repasse de imposto sem aviso prévio em contas residenciais

c0a22336-d208-353e-23f3-db117e4760eb

PSB e Republicanos de Sobrado realizam convenção dia 21 para homologar nomes de Guilherme Coelho e Marlon Brand