Coligação de Maranhão pede impugnação de Ricardo, Rômulo e Dinaldo

A secretaria judiciária do Tribunal Regional Eleitoral recebeu hoje mais três ações de pedido de impugnação de registro de candidatura ajuizadas pelos advogados do PMDB. A Coligação "Paraíba Unida" pediu a impugnação do registro de candidatura de Ricardo Coutinho ao Governo do Estado alegando que ele não teria se desincompatibilizado do cargo que exerce na Universidade Federal da Paraíba no prazo previsto em lei. Outra queixa contra o socialista é a ausência de quitação eleitoral referente às eleições de 2008.

Além da candidatura de Ricardo, a do vice, Rômulo Gouveia também é alvo de uma ação que aponta a reprovação de contas da campanha de 2008, quando o tucano disputou a prefeitura de Campina Grande.

Contra o candidato a deputado estadual Dinaldo Wanderley, os advogados da coligação de José Maranhão citam a reprovação de contas pelo Tribunal de Contas do Estado referentes à gestão do ex-prefeito de Patos.

Ontem, o primeiro pedido foi apresentado pelos representantes da Coligação Paraíba Unida e teve como acusado o candidato ao Senado Cássio Cunha Lima. Os advogados do PMDB alegam que o tucano é inelegível por causa de sua cassação decretada pelo TRE em fevereiro do ano passado.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.