Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

CCJ aprova projeto que inclui musicoteparia no tratamento de pessoas com deficiência e TEA

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

A Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou, por unanimidade, durante reunião nesta terça-feira (15), o Projeto de Lei 547/2023, de autoria do deputado Tanilson Soares, que cria o Programa de Incentivo a Utilização de Musicoterapia como tratamento terapêutico complementar para pessoas com deficiência, síndromes e Transtorno do Espectro Autista.

De acordo com o projeto, o programa deve ser realizado em equipe multidisciplinar por clínicas de reabilitação e outras instituições públicas e privadas, conveniadas ou não, que ofereçam tratamento no âmbito do Estado. As sessões de musicoterapia serão realizadas, exclusivamente, por musicoterapias, associações representativas e que tenham graduação e pós-graduação em musicoterapia, certificados por instituição de ensino devidamente credenciado no órgão competente.

Na reunião de hoje, aconteceu a abertura da parceria com estudantes de direito da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) para acompanhar os trabalhos da Comissão. O presidente da CCJ, o deputado Wilson Filho, ressaltou que a Comissão vai proporcionar um curso sobre processos legislativos para que eles possam contribuir com sugestões de matérias.

“Em todas as reuniões da CCJ nós receberemos estudantes de direito da Universidade Federal da Paraíba ou de outras faculdades e universidades. São sempre muito bem-vindos. A CCJ irá fazer, junto a eles, cursos sobre processos legislativos e, claro, ser uma porta de entrada para sugestões de proposituras, de requerimentos ou de projetos. Estudantes de direito sempre têm que contribuir, na verdade, estudantes sempre têm que contribuir e eles têm espaço cativo e porta aberta para darem suas sugestões”, disse Wilson Filho.

Ao todo, 22 projetos estavam na pauta da reunião, que, além do presidente Wilson Filho, contou com a participação da deputada Francisca Mota e dos deputados Nilson Lacerda, João Paulo Segundo, Chico Mendes e George Morais.

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Arthur Urso leva “esposas” para passear sem roupa íntima na orla de João Pessoa

Professores da UFPB desistem de candidatura e apoiam Terezinha e Mônica

Anteriores

Jucélio Dantas é acusado de assassinar kaliane Medeiros

‘Caso Kaliane’: Acusado será julgado hoje pela morte da ex-companheira

Raios em JP

Paraíba tem aumento de mais de 40% na quantidade de raios no primeiro trimestre de 2024

Polícia Civil, homicídios 1

Pai que matou filho ao defender a mãe continua foragido

Sérgio Queiroz 2 22

Queiroz aceita ser vice de Queiroga: “Quem quiser ser grande, seja servo “

Arlenilson Pereira

Suspeito de 4 assassinatos e outros crimes, homicida mais procurado em Campina é preso em SC

CMJP 30

Câmara terá semana com entrega de títulos e debate sobre empreendedorismo feminino

São João de Campina Grande

Empreender PB abre vagas para comerciantes que irão atuar nos festejos juninos de Campina Grande

Acidente na Epitácio Pessoa

Motociclista morre em acidente na Avenida Epitácio Pessoa

Atendente de lanchonete, freepik

Sine-JP oferta 297 vagas de trabalho em diversas áreas a partir desta segunda

agassizalmeida

Morre em João Pessoa ex-deputado constituinte e jurista Agassiz Almeida