Carlos Batinga não crê em redução de salário de Edna Henrique

O deputado estadual Carlos Batinga (PSC) questionou hoje a procedência da medida divulgada pela prefeita de Monteiro, Edna Henrique (PSDB), de renunciar ao próprio salário junto com o vice-prefeito da cidade e os secretários municipais. Segundo Batinga, a decisão é estranha: "Na Câmara Municipal não chegou qualquer projeto sobre redução ou renúncia de salários da prefeita. É difícil de acreditar nisso. Todo mundo que trabalha quer receber salários. De algum lugar o dinheiro desse pessoal deve vir".

Batinga ainda comentou que Edna Henrique, sua adversária na região do Cariri, tem salário como delegada, além de ter direito a receber como chefe do executivo municipal.

O deputado também comentou sua saída do PSB e a filiação ao PSC, para onde também foram Marcondes e Leonardo Gadelha, além de Guilherme Almeida e Arnaldo Monteiro. Ele disse que chegou a defender uma candidatura própria socialista ao Governo, mas que deixou a sigla pelas sinalizações de composição com os Democratas e tucanos na Paraíba: "Esse diálogo com PSDB e DEM é que não foi assimilado por mim", disse.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.