Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Câmara de Campina Grande aprova projeto que proíbe “passaporte da vacina”

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Foi aprovado nesta terça-feira, 14, por 12 votos contra quatro o projeto apresentado pelo vereador campinense Rubens Nascimento (DEM) que proíbe a exigência no município do chamado “passaporte sanitário”, que é a obrigatoriedade da apresentação do cartão de vacinação contra a covid-19 para acesso a locais públicos, privados e de serviços.

O projeto menciona jprincípios como a dignidade da pessoa humana e seus direitos fundamentais, os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa, o livre direito de escolha conforme a Convenção de Nuremberg, o direito à privacidade segundo a Declaração de Helsinque, a inviolabilidade à liberdade de consciência, dentre outros.

O texto do projeto destaca que “fica proibida a exigência do passaporte sanitário de qualquer cidadão no âmbito do município de Campina Grande”, qualquer que seja o local, ambiente ou circunstância, inclusive espaços coletivos, de serviços, hospitais ou no setor público.

A iniciativa de Rubens Nascimento também estabelece que “mesmo com a indicação das autoridades sanitárias, compete exclusivamente às famílias decidir se vacinarão seus filhos menores de idade contra a covid-19”, mencionando a Convenção Americana de Direitos Humanos (Pacto de São José da Costa Rica).

Na justificativa, o vereador Rubens Nascimento afirma que “a princípio, nenhum subscritor (do projeto) é contrário à vacinação. Considera-se, todavia, que ninguém pode ser submetido a um procedimento contra sua vontade, sendo forçado por meios indiretos, ao ponto de ameaçar seu sustento e sua tranquilidade”.

Ainda na fundamentação, o vereador cita o quadro atual da pandemia e o consequente impacto desastroso da exigência do “passaporte” sobre a economia local. Para o parlamentar, cobrar o comprovante é “uma postura sem razoabilidade e nitidamente desproporcional que vai na contramão dos princípios constitucionais, das garantias fundamentais e dos direitos humanos”.

Agora, o projeto segue para a sanção ou veto do prefeito Bruno Cunha Lima (PSD).

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Exaustão, sobrecarga… por que não reconhecemos os nossos limites?

‘Festa da Adoção’ tenta aproximar crianças e adolescentes de pessoas aptas a adotar

Presidente do PT é acusado de cometer etarismo contra Luiz Couto

Anteriores

cirurgia

Hospital Metropolitano realiza cirurgia inédita em criança com paralisia cerebral

WhatsApp-Image-2023-05-30-at-10.28.57

Semob-JP realiza campanha e comando educativo para incentivar doação de sangue nesta terça

padre_egidio____foto_reproducao-750x375-1-1-750x375

Caso Padre Zé: audiência de instrução contra padre Egídio de Carvalho é adiada

666bb76c-ae3b-8285-dab9-9bc726fdb94b-800x500

Cícero Lucena decreta luto de três dias e dá nome do vereador Professor Gabriel a escola municipal

enem_202023-900x600

Inscrições para o Enem 2024 começam nesta segunda

WhatsApp Image 2024-05-27 at 15.48.04

Prefeitura de João Pessoa usa drones em ação de combate ao Aedes Aegypti nesta segunda

Luiz Couto 2024

Couto diz que PT sai fortalecido com candidatura própria e aposta em Cartaxo

Raissa Lacerda

Raíssa Lacerda vai assumir vaga deixada por Professor Gabriel na Câmara

Luciano Cartaxo 21

Cartaxo comemora decisão do PT: “Estou feliz e confiante no desempenho”

fabianogomesazul

Fabiano Gomes passará por cirurgia nesta terça em Campina Grande