Bares e restaurantes demitiram 1500 na capital, diz Abrasel

A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) seccional Paraíba informou hoje através de seu presidente, Artur Lira, que houve uma redução de 1500 empregos formais no setor em João Pessoa desde o início da pandemia. Segundo ele, cerca de 30% das empresas fecharam as portas por causa das restrições impostas pelo novo coronavírus.

“O setor de alimentação fora do lar está na UTI há 120 dias. É um momento crítico porque a cada semana o quadro se agrava e a leitura que temos é que o pico das demissões no setor ainda não chegou. Aqui em João Pessoa alcançamos 1500 demissões formais. Mas, o setor informal também tem muita gente trabalhando e gerando renda e empregos”, disse Lira.

Um dos principais shoppings da capital paraibana, o Tambiá, reabriu as portas, mas a Praça da Alimentação funciona parcialmente. A maioria das lanchonetes e restaurantes permanece sem atendimento. As que voltaram a funcionar apenas atendem delivery ou entregam refeições no local para que os clientes consumam em outro local.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.