Zennedy nega acusação e se coloca à disposição para prestar esclarecimentos

O secretário de Desenvolvimento Urbano de João Pessoa, Zennedy Bezerra, negou, na manhã desta segunda-feira (06), os fatos relatados pela ex-secretária Livânia Farias na Operação Calvário e se colocou à disposição do Ministério Público e do poder judiciário para prestar esclarecimentos.

“Fui surpreendido com fatos inverídicos mencionados em delação premiada, no âmbito da Operação Calvário, pela ex-secretária Livânia Farias. Defendo as investigações empreendidas pelo Ministério Público e pela justiça e me coloco à disposição para qualquer esclarecimento que se faça necessário”, disse.

Livânia disse em sua delação que Zennedy Bezerra teria atuado como operador financeiro na campanha de Lucélio Cartaxo, que disputou a Prefeitura de João Pessoa nas eleições passadas. Segundo Livânia, Zennedy teria solicitado R$ 1 milhão para a campanha de Lucélio e teria recebido R$ 300 mil, o que ele nega.

 

Comentários