Wilton Maia pede exoneração por discordar com defesa do PL do Saneamento e Reforma da Previdência

Nomeado em janeiro para assumir as funções de Coordenador de Gestão no Governo do Estado da Paraíba, desde o começo do ano, o atual presidente do Sindicato dos Urbanitários da Paraíba (Stiupb), Wilton Maia Velez, se dirigiu a João Pessoa na manhã desta sexta-feira, 13, e apresentou à Casa Civil, documento pedindo sua exoneração do cargo por não concordar com a posição do Governo frente aos Projetos: da Lei do Saneamento e ao da Reforma da Previdência estadual.

No pedido de exoneração, Wilton Maia afirmou que, antes de qualquer coisa, tinha coerência e compromisso com a classe trabalhadora e não poderia estar satisfeito com os últimos acontecimentos.

O presidente do Stiupb refere-se ao posicionamento adotado pelo Governo quando da votação do Marco Legal do Saneamento, dia 11 último: “Nosso entendimento é que a aprovação do Projeto 3261, agora transformado no PL Lei 4.162/2019, e com a anuência do Governo da Paraíba, trará prejuízos às empresas de saneamento, com o fim do subsídio cruzado e a privatização inevitável em grande escala em todo o país”, afirmou Wilton Maia.

No pedido de exoneração, o dirigente sindical, que defende os trabalhadores da Cagepa, Energisa, PBGás, Termelétrica e Eólicas, afirma: “A posição do governo estadual frente ao PL do Saneamento e ao Projeto da Reforma da Previdência defendido açodadamente pelo senhor e os deputados que estão do “seu lado”, confronta o compromisso que assumi com o povo que pedi para votar no projeto que mudou a vida dos paraibanos para melhor nos últimos anos. Jamais trairei o que acredito e defendo, em troca de qualquer coisa, e muito menos meus compromissos com os companheiros de lutas e de ideais”.

O trabalho

Assim que assumiu a Coordenação de Gestão e Obras, em janeiro passado, Wilton Maia avisou que seria um parceiro dos que fazem a máquina administrativa em Campina Grande e região: “Não serei sensor de ninguém, mas sim um aliado em busca de soluções para os problemas encontrados pelos gestores da região da Borborema e estarei atuando em qualquer órgão, quer seja passando pela Cagepa e até mesmo em uma unidade hospitalar”, destacou.

E foi assim que Wilton Maia atuou nesses meses, sempre buscando cooperar para resolver questões do cotidiano da cidade, sendo um elo entre a sociedade organizada e os poderes constituídos.

Comentários