Vereador propõe que praça da capital seja denominada de “Lena Guimarães”

O vereador Bruno Farias (Cidadania) apresentou um projeto de lei que deve ser votado na manhã de hoje na Câmara de João Pessoa com a finalidade de homenagear a jornalista Lena Guimarães, falecida na última segunda-feira, 18, com o nome de uma praça. A localização exata do logradouro não foi informada.

“Fica denominada de Praça Jornalista Lena Guimarães, uma das Praças da cidade de João Pessoa, ainda sem denominação oficial. O Poder Executivo Municipal providenciará a colocação das placas indicativas e também caberá ao poder executivo por intermédio do setor habilitado, procede o cadastramento da referida praça, junto aos órgãos competentes para essa finalidade”, diz o projeto.

Lena Guimarães morreu às 6h30 da segunda-feira aos 62 anos no Hospital da Unimed, onde estava internada por causa de um câncer de pâncreas. Ela foi uma das mais respeitadas e talentosas jornalistas da Paraíba, tendo passado inclusive pela Secretaria de Comunicação do Estado na gestão de José Maranhão (MDB).

Na justificativa, Bruno registrou a trajetória de Lena: “Ela já ocupou diversas funções no jornalismo paraibano. Foi repórter, redatora e chefe de reportagem do Jornal A União, além de editora dos cadernos de Cultura, Cidades, Economia e Política no Correio da Paraíba. Ela também ocupou o cargo de diretora de jornalismo do Sistema Correio de Comunicação e de secretária de Comunicação do Estado, no governo José Maranhão (2009-2010). A jornalista foi ainda editora-geral do jornal O Momento e repórter regional da Folha de S. Paulo e do Jornal do Brasil. Há alguns anos, Lena Guimarães mantinha coluna no CORREIO da Paraíba, tida como leitura obrigatória para políticos, empresários e intelectuais do estado. Autoridade no assunto, ela também levava suas análises dos bastidores da política aos programas Correio Debate e Jornal da Correio, ambos na TV Correio. Em maio deste ano, a Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) concedeu Medalha de Mérito Jornalístico a Lena Guimarães. A homenagem foi aprovada por unanimidade entre os parlamentares”.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.