Vereador pede corte no duodécimo da Câmara e demissão de assessores em Bayeux

O vereador de Bayeux, Adriano Martins (MDB), acabou de informar que está protocolando ao prefeito Berg Lima (PL) o pedido para corte de 50% do valor do duodécimo que é repassado para a Câmara Municipal, no valor de mais de R$ 500 mil.

Segundo o vereador, além da redução em metade do duodécimo, o documento sugere ao Presidente da Câmara que demita os assessores dos vereadores, em virtude de não estarem indo trabalhar, devido ao momento em que vivemos por causa do COVID-19: “Mesmo assim, eles continuam ganhando altos salários”, comentou.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.