Vereador do PMDB critica cúpula do partido por falta de atenção

Mafalda Moura

O vereador Mangueira (PMDB) disse hoje em entrevista a Rádio Correio Sat que está desgostoso com a cúpula do PMDB no estado. Para ele o único que ainda “escapa” é o ex-governador José Maranhão.
 
– Eu estou muito desgostoso e decepcionado com a cúpula do PMDB. Hoje eu só isento o ex-governador José Maranhão que é uma pessoa humilde, que me prestigiou e por quem eu tenho muito apreço.
 
Mangueira disse estar magoado com os senadores e deputados do seu partido, inclusive os que ele apoiou, que não tiveram consideração por ele nem na hora de convidá-lo para a posse. Ele disse que não gosta de quem dá dinheiro a ele. Prefere aqueles que lhe dispensam carinho e atenção.
 
– Eu falei em Wilson Santiago, Vitalzinho, Olenka Maranhão e Benjamin Maranhão, pois eu não recebi um convite nem para a posse. Quem defendeu eles, quem falou por eles na Câmara Municipal fui eu. Não corro, não fujo e não me escondo. Maranhão sabe ter afetividade com as pessoas. Eu gosto de quem me dá carinho e me considera, não gosto de quem me dá dinheiro, não. O que não aconteceu com os deputados e senadores.
 
Em meio à lamentação, Mangueira acrescentou sua análise sobre a situação do diretório regional do PMDB

– O PMDB não tem orientação nenhuma. Isso é uma vergonha, acho até que desonerou. É muita falta de coerência e ética dos deputados e senadores. Houve posse dessas pessoas e nem convidado eu fui. Eu acho que esse pessoal só está interessado em engordar seus bois, os partidários e amigos não têm valor.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.