Vereador Bira diz que o preço do combustível em João Pessoa é abusivo

Vereador Bira diz que o preço do combustível em João Pessoa é abusivo

O vereador Bira Pereira (PSB) falou nessa terça-feira (26) na Tribuna na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) sobre os preços dos combustíveis vendidos na capital paraibana. O parlamentar destacou os dados apresentados pelo Índice de Preços Ticket Car (IPTC), na última quinta-feira (21), que mostrou que a Paraíba deixou de ser um dos estados da Federação onde os combustíveis eram mais baratos e passou para o 3º lugar no ranking dos estados que vendem a gasolina mais cara do país.

Bira ressaltou que os valores do álcool e da gasolina negociados em João Pessoa são abusivos. De acordo com os dados do IPTC citados pelo parlamentar, o preço médio do litro da gasolina no estado é de R$ 2,89. E na capital esse valor chega a ser até 10 centavos mais caro. O que faz os valores negociados na cidade serem cerca de 50% mais altos do que em megalópoles como Nova York e 95% a mais que na também emergente Rússia.

Em fevereiro desse ano, Bira foi autor de uma denúncia que questionava a formação de um cartel de postos de combustíveis em João pessoa, visto o alinhamento nos preços do álcool e da gasolina negociados na cidade.

Na ocasião, o vereador também promoveu uma sessão especial que teve como objetivo discutir na Casa Napoleão Laureano esses alinhamentos. Com o intuito de coagir e evitar esse tipo de prática, Bira convidou ao debate o Ministério Público, órgãos de proteção ao direito do consumidor e representantes de diversos segmentos da sociedade civil.

Na sessão de hoje, ao voltar a abordar essa temática, Bira afirmou que no Brasil existe um megapólio dos combustíveis e que o país, mesmo com todas as fontes de petróleo que possui, tem o álcool e a gasolina mais caras das Américas e uma das mais caras do mundo. Isso, graças em grande parte, a uma carga tributária que representa cerca de 57% do valor do litro do combustível.

Bira destaca que mesmo com todos esses índices favoráveis ao aumento, o valor cobrado pelos combustíveis na Paraíba e especificamente em João Pessoa é  abusivo. “De janeiro até abril houve uma inversão na pirâmide que apontava a Paraíba entre os estados da Federação com o menor preço dos combustíveis e agora nos insere entre os estados com a gasolina e o álcool mais caros do país. Diante desses dados é preciso que uma explicação seja dada”, declarou o parlamentar.

O vereador disse ainda que a população deve se unir contra esse tipo de ação, fiscalizando esses valores e denunciando ao Procon municipal e estadual qualquer tipo de prática que julgue ilícita.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.