Veneziano diz que licença não está definida, mas pode acontecer em setembro

O prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital do Rêgo (PMDB), declarou hoje que não está definida sua licença do cargo para se dedicar à campanha eleitoral, apesar desta possibilidade existir. O período de afastamento não excederia 15 dias e, se for confirmado, deve acontecer somente em setembro.

– É uma possibilidade real de nos licenciarmos por 10 ou 15 dias. Pode ser em setembro. É provável. Em nome ao respeito das orientações eleitorais, mesmo nosso caso não estando previsto na lei, mas foi uma recomendação de que os gestores não possam se engajar em campanha senão aos finais de semana.  Então, pára que nos dediquemos a estes esforços, poderemos adotar a licença. Não haverá prejuízo porque deixaremos a casa arrumada com ações administrativas. Já iniciamos as obras do Parque do Povo e do Jardim Europa, a Feira Central, que começou no dia 19 de julho… Está tudo arrumado e não haverá nenhum tipo de problema.

Veneziano Vital também admitiu renomear o ex-secretário de Saúde, Metuselá Agra, para o mesmo cargo. Metuselá deixou a Pasta porque foi aprovado para um cargo federal no Estado do Pará. Ele pediria licença da função para a qual foi aprovado a fim de assumir de novo a Secretaria Municipal de Saúde de Campina Grande.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.